O seu estilo para (bem) acordar

Depois de um longo dia de trabalho, não há nada melhor do que tomar um banho e deitar-se na cama para relaxar. O sono chega devagar e logo a mente desliga. No dia seguinte, depois de dormir profundamente, vai acordar renovado e cheio de energia.

Confira as nossas dicas de como dormir bem, para acordar ainda melhor:

  1. Tenha uma hora certa para dormir e acordar

O seu organismo precisa de uma rotina. Com horários definidos e constantes para dormir e acordar, o “relógio interno” pode ajustar-se melhor, otimizando assim a qualidade do sono.

Estipule um horário para dormir que respeite seu estilo de vida, levando em conta a sua produtividade e o horário necessário para despertar. Lembre-se de respeitar a duração natural do sono, que varia conforme a sua idade.

Há ainda aqueles dias que pode inevitavelmente ir para a cama mais tarde. Mesmo nessa situação, o ideal é tentar levantar-se à mesma hora de sempre, para não descontrolar o relógio natural do sono.

  1. Pratique exercícios diários

Ao praticar exercícios durante o dia consegue ter um sono melhor e tem mais hipóteses de sentir menos sonolência durante o dia. Exercícios regulares podem melhorar sintomas de insónia e outros distúrbios do sono, pois o corpo gasta energia, tendo assim a necessidade de a restaurar nos momentos de descanso. Trinta minutos diários numa caminhada, por exemplo, já são suficientes. Procure praticar um desporto que lhe agrade e sinta o seu corpo relaxar física e mentalmente.

Exercícios vigorosos, com alto gasto enérgico não são recomendados perto da hora de dormir. Contudo, a prática de exercícios leves, como alongamento e ioga, favorece o relaxamento corporal.

Fazer exercício em casa

  1. Desligue a televisão

A televisão e outros aparelhos luminosos, como o computador, o tablet e o telemóvel, emitem uma luz com frequência semelhante à luz solar, o que confunde o nosso cérebro e o impede de produzir a melatonina, hormona ligada ao sono. Ele interpreta essa luz como se fosse a do dia e mantém o nosso corpo “ligado” por mais tempo.

Portanto, evite ver televisão durante a noite e desligue todos os aparelhos visualmente estimulantes, pelo menos uma hora antes de dormir, para permitir que a mente relaxe. É preferível estimular outros sentidos como a audição, ouvindo músicas relaxantes, por exemplo.

  1. Evite alimentos estimulantes

Café, chocolate, bebidas alcoólicas, chá preto e refrigerantes são alimentos que possuem cafeína, ingrediente que estimula o cérebro e que permanece ativo no nosso corpo até 4 horas após o seu consumo. Quando se consome este tipo de alimento ou bebida, diminui-se a profundidade do sono.

Além disso, para evitar visitas à casa de banho, que interrompem o seu tão precioso sono, evite ingerir líquidos à noite. Ainda assim, se quiser beber algo, prefira tomar chás ou infusões com efeitos calmantes, como camomila, erva doce e cidreira, que ajudam no relaxamento e digestão.

  1. Relaxe e reduza a ansiedade

Banhos quentes irão deixar os seus músculos mais relaxados, além de mudarem a temperatura do seu corpo. E ao usar toalhas de banho confortáveis vai ainda aumentar a sensação de relaxamento. Alongamentos também ajudam a aliviar os pontos de tensão e a ansiedade, contribuindo para uma melhor noite de sono.

atoalhados de banho
Atoalhados de Banho
  1. Crie um ambiente agradável

Deixar o seu quarto mais agradável é fundamental. Evite deixar a cama desarrumada ao sair de casa. Assim, quando chegar, o quarto estará aconchegante.

Uma cama confortável, com lençóis adequados (flanela, microlina, microseda, percal) e cobertores fofos serão muito convidativos ao descanso. Invista em materiais que tenham um toque mais agradável, como tecidos térmicos ou de toque aveludado, garantindo uma noite de sono confortável.

Roupa de cama
Lençóis de flanela, microlina, microseda e percal
  1. Almofadas são aliadas

As almofadas são verdadeiras aliadas para uma boa noite de sono (Veja também o nosso artigo: A importância de uma boa almofada para o descanso). Escolha com carinho e aposte no conforto. Tenha em conta a altura da almofada, o perfil de sono para o qual é indicada, o tipo de material com o qual é feita, a tecnologia e a durabilidade (para que não fique baixa e com deformidades com o passar do tempo).

A almofada possui duas versões para se adaptar melhor ao sono: a versão alta, preenchendo a altura do ombro para quem dorme de lado, e a versão baixa, indicada para quem dorme de costas ou de bruços, também pode ser utilizada por crianças a partir de 3 anos de idade.

Almofadas
Almofada de Dormir Viscoelástica

 

  1. Invista num bom colchão

O colchão também é importante e tão essencial como a boa escolha da almofada, pois vai ser a base do seu corpo. Por isso, escolha um colchão com uma espuma que não se deforme e que seja confortável, evitando as dores no corpo.

Agora que já sabe o que fazer para ter uma noite de sono agradável, faça as mudanças necessárias e experimente os benefícios de dormir bem todos os dias, para acordar cheio de energia e com estilo

Partilhe o artigo:
Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email